domingo, 14 de outubro de 2007

Pro nada.


Você consegue perceber as proporções do que você causou? Você consegue olhar para trás e perceber a bagunça que você deixou aqui?
Não, você não consegue porque você sequer olha pra trás. Às vezes é necessário refazer o caminho, talvez algo tenha caído do seu bolso e você nem tenha notado.
Não, você não precisa olhar pra trás porque você ignora o passado, não sabe que é com ele que construirá o seu futuro.
Olha ao redor, vê alguma coisa? Sente o ar pesado e os pêlos respondendo ao calor da tua voz? Não, você não vê, você não percebe, você nem notou a minha ausência, você é sempre quem comanda a situação.
Sabe o que acontece? Você precisa arrumar os óculos – ou trocá-los – porque eles não te servem mais. A tua hipermetropia me irrita!
Você sabe quanto tempo isso ficou guardado? Ou pouco importa? É, sempre esse mesmo descaso com o sentir alheio. Você não percebe mesmo e essa sua indiferença me tornou obtuso.
O buraco que você causou está sendo tapado, aos poucos, com o que restou de concreto aqui dentro. E saiba de uma coisa, você foi imprescindível ao meu crescimento. É, você não foi de todo ruim, muito embora pareça. Você me fez crescer, ainda que por sofrimento. Você saiu e deixou o peso todo sobre mim, a bagunça que eu vou ter que arrumar – mais uma vez – sozinha.
Sabe aquele disco? Furou de tanto que ouvi esperando que você voltasse. Ora, sem surpresas, você não voltou! E eu continuei aqui, esperando...
Mas saiba que hoje, apesar de carregar uma ferida escancarada, eu consegui, consegui segurar o teu veneno antes que ele me consumisse. Hoje eu sou imune aos teus perigos; hoje eu não preciso mais do teu abraço pra chorar e nem das tuas mãos pra me levantar, caso eu caia. Hoje eu sou um alguém melhor que até consegue sorrir.
E você - que carrega tantas mentiras, que não sabe o valor de sentir - quem é?
Você veio do nada, conquistou tudo, foi embora do nada e vai voltar exatamente de onde você veio: pro nada!

10 comentários:

Laila disse...

Ixiiiii, se eu ainda tivesse minhas agendas e cadernos velhos eu teria livros. +_+ E muitas vezes reler o que escrevo dá vergonha alheia de mim mesma hahahahaha :)


:*

Mai Amorim disse...

Nossa...


ahn sem palavras
perfeito do início ao fim.
Senti o texto, de verdade.

"Você veio do nada, conquistou tudo, foi embora do nada e vai voltar exatamente de onde você veio: pro nada!”

*_*


Eu preciso arrumar tudo aqui dentro. Tudo.Se eu sumir, é pq estou em reforma.
;**

thatha disse...

ai noxa ke texto angustiante... ;~~~~

Gilliane disse...

Vc naum me conhece, mas Maiara e Laina falam mto dos seus textos pra mim.. sempre me recomendam o seu blog, mas sou mto alheia à certas coisas, e ainda q elas insistissem para eu ler, eu nunca parava para ler, mas enfim, confesso q me arrependo de naum ter lido antes.
Esse seu post, está muito lindo, talvez seja pq eu encontrei um tanto do q estou vivendo aí nele, naum sei..sabe qd sua vida se encaixa em um texto.. e vc diz: "olha pq escreveram minha hst? mas q bom, escreveram algo q eu não soube criptografar"
é como se traduzisse-se certos sentimentos.. enfim...
meus parabéns...
e é um prazer lhe conhecer...

Gilliane disse...

esta finalização é perfeita..

"eu consegui, consegui segurar o teu veneno antes que ele me consumisse. Hoje eu sou imune aos teus perigos; hoje eu não preciso mais do teu abraço pra chorar e nem das tuas mãos pra me levantar, caso eu caia. Hoje eu sou um alguém melhor que até consegue sorrir."


[eu fiko na ânsia de q certos venenos, simplesmente saiam da circulação do meu sangue... mas dizem q o tempo colocam sorrisos no rosto cm venenos reminicentes..

Gilliane disse...

nossa.. q coisa.. eu aki falando tanto de mim a vc...
¬¬'

nhaw.. depois tu vais dizer..
"mai , lai .. ela é louca?"
mas.. naum.. tipo; fikei apenas comovida/sensibilizada cm o texto..

Mai Amorim disse...

Pronto, Camila.. mais uma admiradora e q diga-se de passagem, tem o DOM d escrever tb ^^


Eu ainda estou fascinada por esse teu texto. Volta e meia eu leio de novo..




lindo!

Camila disse...

Ah, então vai ser uma grande honra tê-la por aqui também, né? ;D Claro!
Nem existe a possibilidade de perguntar a elas se você é "louca" uahua não mesmo, eu já me senti assim diante de alguns texto, sei bem como que é.
Pois então, é um grande prazer meu também e fica a vontade aí! ;D

;***

yuri disse...

=DD


minha molena é show XD
kkkkkkkkkkkk

bju camila
eu te amo =*

mai saudades de tu !!!

Mai Amorim disse...

a reforma?
ahhh não acabou não.
ando bem mal, na verdade.


mas enfim..

^^