quarta-feira, 19 de maio de 2010

Na pele


Era só uma das minhas muitas construções. Uma personagem construída em cima da minha visão de realidade, do meu querer. Só mais uma representação.
Hoje eu sei que personagens não existem fora das palavras. São seres que nunca sairão da tinta no papel... ou na pele.

Um comentário:

camila chaves disse...

li esse texto logo que ele foi postado, mas a verdade foi que ele me fez refletir tanto, me trouxe uma confusão tão grande, que não consegui comentar logo de cara.

acho que esta tarde me arrisco a dizer que é bem verdade que os personagens não existem fora das palavras, mas que não sei se é mesmo isso, de que eles estão fadados à tinta no papel.

isso tudo porque eu mesma estou lutando para tirar um personagem dessa esfera e colocá-lo no mundo. mas agora estou aqui pensando novamente em que sentido será que tu falaste isso...

ah, os sentimentos, os conflitos, as ideias e as nossas tantas viagens para tentar expressá-los por palavras ou compreende-los a partir delas. hahaha.

um beijo, camila, e até as próximas palavras.